Cuca deixa Athletico-PR três meses após contratação – 24/06/2024 – Esporte

Cuca deixa Athletico-PR três meses após contratação – 24/06/2024 – Esporte


O Athletico-PR anunciou nesta segunda-feira (24) a saída do técnico Cuca, que ficou pouco mais de três meses no cargo e deixa o clube após três empates seguidos e cerca de 60% de aproveitamento.

“Após a partida de ontem contra o Corinthians, o técnico Cuca solicitou a sua saída do comando técnico da equipe profissional do Athletico Paranaense. O pedido foi aceito pelo clube nesta manhã”, diz o clube em nota publicada em suas redes sociais. O time do Athletico será comandado, interinamente, pelo auxiliar técnico Juca Antonello.

No domingo (23), o Athletico saiu na frente, mas viu o Corinthians empatar o jogo na Ligga Arena aos 46 minutos do segundo tempo com gol do zagueiro Cacá. A torcida protestou depois do apito final com gritos de “vergonha”.

Foi o terceiro jogo seguido em que o Furacão cedeu o empate nos minutos finais da partida —já havia empatado da mesma forma com Flamengo e Botafogo. O time é atualmente o quinto na tabela de classificação do Brasileiro, com 19 pontos.

Após a partida contra o Corinthians, o treinador já havia sinalizado que poderia pedir demissão. “Se sofremos empate no fim, a culpa é do treinador. […] Quando vem um resultado ruim, assim, vamos avaliar o que é melhor para o clube, pois é um ano de centenário e importante. Vou falar com o [André] Mazzuco [diretor de futebol], porque, às vezes, a saída do treinador é algo que pode fazer o time melhorar.”

Cuca comandou o time em 23 partidas durante sua passagem pelo Athletico, do qual também é torcedor, com 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas, o que corresponde a um aproveitamento de aproximadamente 66%. Conquistou o Campeonato Paranaense em abril, com vitória sobre o Maringá na final.

O time paranaense provocou polêmica ao anunciar a contratação do treinador em março. Em seu trabalho anterior, Cuca havia ficado menos de uma semana à frente do Corinthians e saiu sob forte pressão de torcedores por causa de um episódio de estupro contra uma menor do qual teria tido participação na Suíça, em 1987.

O treinador sempre disse ser inocente e, no fim do ano passado, a Justiça suíça considerou o caso prescrito e extinguiu a pena que o havia condenado a 15 meses de cadeia e multa. A anulação da condenação abriu caminho para a contratação pelo Athletico, embora o anúncio também tenha provocado reações contrárias de parte da torcida.

Ainda não há um novo nome definido para substituir Cuca. No próximo compromisso, o Athletico-PR enfrenta o Cruzeiro na quarta-feira (26), às 19h (horário de Brasília), no Mineirão.



Fonte: Folha

Portal de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *