RESUMO: Acompanhe o que aconteceu nos mercados financeiros na semana aqui!

RESUMO: Acompanhe o que aconteceu nos mercados financeiros na semana aqui!

Dados de emprego muito acima da expectativa nos Estados Unidos, indicando atividade resiliente por lá, provocaram movimento vendedor nos mercados globais.
O ‘payroll’, divulgado na sexta-feira, dia 2, mostrou que os EUA criaram 353 mil vagas em janeiro, muito acima da expectativa do mercado, de 185 mil vagas.
No rali de dezembro, investidores precificaram que o Fed faria até sete cortes de juros esse ano. E uma economia persistentemente forte, mesmo com a inflação em queda, tira pressão do banco central americano de baixar as taxas com tanta rapidez.
A exceção foram as bolsas de Nova York, que seguiram subindo e renovando máximas históricas por conta dos fortes balanços do setor de tecnologia.
Os ativos locais também sofreram após o IPCA de janeiro ser divulgado na quinta-feira, 8, e mostrar alta de 0,42%, acima da mediana das expectativas.
Investidores passaram a temer que o Banco Central possa ter menos espaço para cortar a Selic nos próximos meses.
Em meio a temporada de resultados corporativos, as ações do Bradesco se destacaram negativamente após os números do banco para o quarto trimestre de 2023 não agradarem os analistas.
Entre quarta e quinta, o banco perdeu R$ 27 bilhões em valor de mercado.
No fim da semana, uma revisão para baixo de dados de inflação nos EUA ajudou a melhorar marginalmente o sentimento.
Assim, o dólar ganhou força contra o real e voltou a testar o patamar dos R$ 5 nas máximas da semana. E o Ibovespa teve semana volátil, ensaiando alguma recuperação após perdas recentes e recuando diante de incertezas externas e balanços fracos

Portal de Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *